Uva verdE?

    Olha pra frente, o tempo de fantasias acabou. É bom sonhar de vez em quando, mas, ultimamente tenho dado mais importância a realidade dura e maçante que nos cerca. Não me venha reclamar sobre coisas fúteis, o cara que eu conheci no passado não é o mesmo que permeia este ser. Eu o conheci, ele era legal, mas precisou partir e eu entendo isso. O mundo não se importa com quem você é, ele apenas se importa com o quanto que ele pode extrair de você.
   É ótimo (as vezes) colocar as responsabilidades de seus atos no universo, ter uma 'entidade' para culpar talvez nos deixe mais tranquilos. A ideia de que algo nos rege tem me deixado bastante inquieta ultimamente. Mas, não é o acaso ou o destino que destrói teus sonhos, este, não é ninguém mais senão você mesmo. O motivo mais comum seria o medo; medo de machucar e ser machucado, mas a vida é isso! Uma sequência (quase infinita) de atropelos e fatos que machucam diariamente a todos que você ama e, consequentemente a você mesmo. Cara, você não tem mais 16 anos, você é uma pessoa adulta e parte desse 'ser adulto' é saber lidar com os problemas que frequentemente aparecem, porque, meu amigo, vão aparecer um monte, pode ficar tranquilo.
   Eu tô cansada, tô realmente cansada, passo noites inquietas sem dormir, não tenho fome nem sede e as vezes me da vontade de sair, encher a cara e voltar a ter a vida estúpida que eu tinha antes... Mas ai eu me lembro o quão vazia eu era e, sinceramente, só agora percebi isso. 2 pontos pra você.
Embora eu diga que entenda, eu realmente não entendo a magnitude dos teus sentimentos e muito menos como funciona essa tua cabeça. Provavelmente é esse quebra-cabeças que me atrai tanto.            Quisera eu nunca ter me envolvido tanto, mas, você é como aquela brisa acalantadora que vem no fim da tarde, aquela que nos pega de surpresa e provoca um belo de um arrepio na espinha. Acostumei, me julgue.
   Provavelmente essa é uma forma meio agressiva de dizer que sinto sua falta e todo aquele blá blá blá de praxe, embora eu também saiba que não respeitei seu tempo e desperdicei as oportunidades que tive, enfim, a vida é assim.


Do lado de fora tem um aviso em letras garrafais que diz: "CUIDADO,
FRÁGIL!" Mas, ninguém respeita e acaba derrubando a caixa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Labirinto do Fauno

"Sinceramente, tô nem ai pra esse monte de merda."

O vento